Google+ Badge

Total de visualizações de página

Acontecimentos desta hora...

Loading...
Administração no Blog

Conteúdos Acadêmicos da Graduação em Administração e assuntos.

5 de abril de 2010

Disponibilidade da água no planeta


                
                  Àgua no Planeta Terra


    Há alguns dias atrás “postei” um artigo aqui neste blog, que abordou a má distribuição de água em nosso território. Mas agora, vamos tratar da disponibilidade de água no Planeta Terra, já que a provisão de água doce está diminuindo em todo o mundo. Vamos relembrar o que quer dizer a palavra provisão. Provisão é o ato ou efeito de prover algo, no caso em questão, é ato de prover um gênero de primeira necessidade para a nossa sobrevivência.




   Como é de hábito, vamos comentar a Administração da disponibilidade de água doce no planeta, agora veremos como está sendo feita a administração desse recurso natural. Já que é de conhecimento de todos os governantes mundiais que uma em cada cinco pessoas não terá acesso à água potável num futuro bem próximo, em virtude da água ser cada vez mais um bem escasso no planeta e notadamente em nosso País. Isso não quer dizer que o seu volume está reduzindo por vias naturais, esse problema da escassez da água está caracterizado devido à poluição.


   É preciso lembrar que o Brasil é um País privilegiado, pois aqui se encontra 12% de toda a água doce do planeta, inclusive o maior rio de água doce do mundo está aqui, que é o Amazonas e, além disso, parte do maior reservatório de água subterrânea do Planeta, o Sistema Aquífero Guarani, também se encontra em nossas terras.

   E é evidente que essa água está mal distribuída, afinal, 70% da água doce do Brasil está na região Amazônica, onde vivem apenas 7,5% da população. E essa distribuição irregular deixa apenas 3,8% de água doce para o Nordeste Brasileiro. Vamos exemplificar isso: No Estado de Pernambuco existem apenas 1.320 litros de água doce por ano, para cada habitante e no Distrito Federal a média é de 1.700 litros, quando o recomendado são 2.000 por ano.











  

    Por outro lado, não chegamos nem próximo da situação de países como Egito, África do Sul, Siri, Jordânia, Israel, Líbano, Haiti, Turquia, Paquistão, Iraque e Índia, (vide o relatório abaixo, mais atualizado) aonde os problemas de recursos hídricos já chegaram a níveis críticos. O grande problema é que em todo o mundo, domina a cultura de desperdício de água, pois ainda se acredita que a água é um recurso natural ilimitado. Segundo os dados do Ministério Público Federal, nem sequer 1% do total de toda água disponível no País pode ser economicamente utilizada, já que 97% dessa água se encontra em áreas subterrâneas, formando os aquíferos, ainda inacessíveis pelas tecnologias existentes.

PAÍSES COM MAIS ÁGUA PER CAPITA/ANO




Fonte: WWAP/UNESCO


01 - Guiana Francesa - 812.121 m3
02 - Islândia - 609.319 m3
03 - Guiana - 316.689 m3
04 - Suriname - 292.566 m3
05 - Congo - 275.679 m3
06 - Papua Nova Guiné - 166.563 m3
07 - Gabão - 133.333 m3
08 - Ilhas Salomão - 100.000 m3
09 - Canadá - 94.353 m3
10 - Nova Zelândia - 86.554 m3
23 - Brasil - 50.810 m3



PAÍSES COM MENOS ÁGUA PER CAPITA

Fonte: WWAP/UNESCO

País Disponibilidade de água

Kuwat 10 m3

Emirados Árabes Unidos 58 m3
Bahamas 66 m3
Qatar 94 m3
Maldivas 103 m3
Líbia 113 m3
Arábia Saudita 118 m3
Malta 129 m3
Singapura 149 m3
Jordânia 179 m3


CONSUMO ANUAL MUNDIAL DE ÁGUA (KM3)

Fonte: Water in Crisis, 1993 - * estimativa


Setor    Ano   1900  1950  1970  1980 2000*

Agricultura      409    859   1.400  1.730 2.500

Indústria         4      15       38       62 117

Doméstico     4      14       29        41 65

Reservatório   -     7         66        120 220

TOTAL       417   895   1.533     1.953 2.902






            Foto do deserto do Saara



  
   Tornou-se imprescindível insistir na necessidade de uma atitude mais definida e rigorosa dos Governos sobre o controle do desperdício desse bem. Afinal, do total da água doce, apenas 3% é água doce boa para o consumo humano. A maior parte de água doce do planeta é de água subterrânea, que é a mais pura e representa uma reserva permanente. E o mais impressionante é saber que caso se mantenha a taxa de crescimento da população mundial, que está em 1,6% ao ano, e o consumo de água per capita se manter nos níveis atuais, o planeta terá 50 anos garantidos de água doce e a partir daí a procura por esse bem será maior que a demanda.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Administração no Blog

Blog Universitário, voltado para comentários sobre a Administração Global.

Seguidores

Arquivo do blog

Renato Mariano

Pesquisar este blog

Carregando...